14/09/2017
ZB em duetos digitais

Zeca Baleiro resolveu abrir seu acervo e reunir gravações que estavam dispersas, em uma série de álbuns digitais que saem pelo seu próprio selo, Saravá Discos. O primeiro, “Arquivo_Duetos 1”, chegou nas plataformas digitais dia 1º de setembro e revela colaborações de Baleiro com artistas brasileiros e da França (Bernard Fines e Nicola Són), Japão (Kana), Portugal (Susana Travassos) e Uruguai (Samantha Navarro).

“Arquivo_Duetos 1” traz duas gravações inéditas, “O Mundo” (André Abujamra), um dueto com Susana Travassos registrado para um projeto de colaboração com artistas portugueses, que ficou parado, e “Que Amor é Esse?”, composta por Baleiro especialmente para o filme "O Amor no Divã", de Alexandre Reinecke, e gravada com Alessandra Maestrini.

Entre as composições de Baleiro, o álbum resgata "Skap (menos sozinho)", que ganhou versão do francês Bernard Fines, “Le Reste on s’en Fiche”; e parcerias com Wado (Zás); Bluebell (A Tardinha); com os rappers brasilienses Gog e Higo Melo (O Peso da Palavra); e com o compositor cuiabano Paulo Monarco (Tem Dó, que também traz Dandara como intérprete).

Zeca Baleiro também recuperou um dueto com Fagner, “A Canção Brasileira” (Sueli Costa e Abel Silva), registrado no DVD “Fagner & Zeca Baleiro” (2005).

“Arquivo_Duetos 1” faz parte da série de lançamentos digitais que comemora os 20 anos de carreira discográfica de Zeca Baleiro. Seu primeiro disco, “Por Onde Andará Stephen Fry?”, saiu em 1997.

Acompanhe também em: